domingo, 18 de fevereiro de 2018

TRAMPOLIM

Um senhorzinho me disse que para abafar o EGO, 
É preciso olhos de CEGO, ter CRITÉRIO para se olhar bem de PERTO. 
Disse que para poder amar, terei que tirar o cisco do meu olhar, 
Pois, a TRAVE é um ENTRAVE de RECONHECIMENTO, que impede o meu AUTOCONHECIMENTO.
Disse que é preciso me afastar de mim, 
Pois, assim dá para me ver INTEIRINHO. 
Cada estágio da vida, tem um TRAMPOLIM, que nos sugere o MERGULHO, 
Uma imersão que afasta o ORGULHO, 
Um processo que se dá aos POUQUINHOS.

Caio Dagher

ERA DE AQUÁRIO


Salve, viva a era de AQUÁRIO, em seu ESPLENDOR.
Era, que nos permite ser serventuário do CREADOR.
Era, que nos permite edificar nosso relicário INTERIOR, pois amar o próximo e, a si mesmo, é o maior triunfo do AMOR.

Caio Dagher


___________

NOTA DE EXPLICAÇÃO:

CREAR x CRIAR “Na natureza nada se CREA, nada se perde, tudo se transforma” Antoine Laurent Lavoisier (1743-1794), o pai da química moderna e o iniciador da complexidade.

Na época daquele grande cientista existia um conflito etimológico entre crear e criar, que ocorreu episodicamente entre os séculos XVII e XIX, mantido por certos gramáticos até o início do século XX, os quais defendiam a distinção entre criar: alimentar, educar, fazer crescer (pessoas, animais, plantas) e crear: gerar do nada (como faz Deus) ou inventar do nada (como fazem os artistas) , como, por exemplo, Velazques creou As Meninas, Georges Cuvier creou a paleontologia e Heidegger creou o existencialismo alemão.

HORIZONTE VERTICAL DA VIDA 🚶‍♂️🤸‍♂️👉👆💙🖤🍀


A vida em sua HORIZONTALIDADE te pede compromisso,
Te pede vida para não ser submisso,
A vida em sua VERTICALIDADE te pede fé ante os abismos
Te pede fulgor e amor, pois no fim, o que sobra é só isso.

Caio Dagher
29/11/2017

O FAROL, O ROUXINOL E O GIRASSOL 🌻.


Já pensou ser a proteção ou orientação,
De um coração que padece com a solidão?
Já pensou ser o farol em dia sem sol,
Ou no dia de pesca, com tempestade e sem anzol? 


Seja um rouxinol que encanta a vida de um mongol,
Seja o guarda-chuva que também guarda o sol.
Seja alguém que pesca homens e almas, com o codinome cata-sol.
Que busca a luz, a vida e o calor, como a flor Girassol.

Caio Dagher

terça-feira, 7 de junho de 2016

PRECONCEITO OCULTO


Às vezes, nós, adultos,
Maquiamos nosso gestos e atitudes e, não percebemos o sorrateiro preconceito oculto!

Justificamos:
“ - É apenas uma brincadeira! ”

Brincadeira é a DOCE TAREFA da ALMA PURA de uma CRIANÇA com sua virtude plena chamada INOCÊNCIA.
Quando o adulto, se arrisca brincar, sem a candura e, sem as AFETUOSAS VIRTUDES desta criança, que já fora um dia, poderá deixar, escapar, uma DOSE DE SAGACIDADE, uma PORÇÃO DE MAQUIAVELICE ou, um PRECONCEITO BOBO.
Por isso, antes de brincar, pense bastante, e ao invés de “tirar sarro” ou de “tirar onda”, tire o preconceito e a implicância do coração e, do olhar.


Caio Dagher

quarta-feira, 9 de março de 2016

AINDA NÃO É O FIM

Deus nos ensina que todos as dores são passíveis de cura. E que a saudade confirma o amor no tempo e no espaço. No fim dá tudo certo. Se ainda não deu, é por que ainda não chegamos ao fim.

Caio Dagher

ONIPRESENÇAS


Somos contos, herdeiros de nós,
Somos contrapontos, atados por nós,
Avulsos ao pó de nossa própria solidão,
Mesmo sabendo que nunca estaremos só...

Caio Dagher